Na resolução de problemas de otimização, devemos considerear os três passos seguintes:
Passo 1: Escolher as variáveis.
  Determinar quais grandezas (quantidades) são relevantes (esboçando um diagrama, se necessário) e associar nomes apropriados para as variáveis.
Passo 2: Encontrar uma função f (que relacione as variáveis) e o intervalo de definição (domínio).
  Se a função depender de mais de uma variável, usar outra equação de vínculo para escrever f como função de uma só variável.
Passo 3: Otimizar a função.
  Se o intervalo de definição for aberto, não necessariamente existirá um valor máximo e mínimo. Se existir, esses valores devem ocorrer em pontos críticos (serão máximos e mínimos relativos) no interior do intervalo.